Cidade em PE registra 50 tremores de terra em seis dias

Um dos abalos na cidade de Alagoinha chegou à magnitude de 3,2; não há informações sobre danos

Solange Spigliatti, do estadao.com.br,

09 de março de 2010 | 14h04

O município de Alagoinha, em Pernambuco, a 225,5 quilômetros da capital, já registrou 50 tremores em quase uma semana, segundo dados do técnico em sismologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Eduardo Alexandre Santos de Menezes.

Segundo ele, os tremores de maior intensidade começaram na noite desta segunda-feira, 8. O mais forte chegou à magnitude de 3,2 na escala Richter às 20h30.

Apesar da grande quantidade de tremores, muito comum na região por conta da falha geológica que está em constante atividade na área, segundo Eduardo ninguém ficou ferido.

O técnico foi deslocado para a cidade. Ele pretende fazer uma análise detalhada da região para tentar identificar as causas dos tremores. Ainda não há informações se os tremores provocaram rachaduras nas residências.

Tudo o que sabemos sobre:
AlagoinhaterremotoPernambuco

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.