Cidade Tiradentes vai abrigar terceiro centro cultural da Prefeitura

Criado em 1984 para servir de bairro dormitório, o distrito de Cidade Tiradentes abriga o maior complexo de conjuntos habitacionais da América Latina, com 40 mil unidades. Em todo bairro - 15 quilômetros quadrados de área, onde vivem cerca de 280 mil pessoas -, há somente dois espaços públicos para cinema e teatro, dentro dos Centros Educacionais Unificados (CEUs).Essa deficiência deve começar a ser amenizada a partir do ano que vem: no dia 2, foi publicado no Diário Oficial do Município o edital de licitação das obras do terceiro Centro Cultural da cidade vinculado à Secretaria da Cultura. Planejado nos mesmos moldes dos outros dois equipamentos existentes na capital - o Centro Cultural São Paulo, na Rua Vergueiro, e o Centro Cultural da Juventude, no bairro de Vila Nova Cachoeirinha -, o novo espaço terá biblioteca, laboratório de línguas, centro de memória, cinema com 150 lugares, teatro para 250 pessoas, espaço de exposições e telecentro, em 7,2 mil metros quadrados. A abertura está prevista para 2009.No local também serão oferecidos cursos técnicos profissionalizantes com ênfase nas artes cênicas. A obra será realizada em parceria entre a Prefeitura e o governo da Província de Île-de-France (região metropolitana de Paris) e deve começar na segunda quinzena de outubro. Terá custo de R$ 15 milhões - R$ 14,2 milhões do município e R$ 800 mil da Île-de-France.

Vitor Hugo Brandalise, O Estadao de S.Paulo

18 de setembro de 2008 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.