Cidades pernambucanas decretam estado de emergência

Os municípios de Barra de Guabiraba, Cortês, Sirinhaém e Gameleira, banhados pelo rio Sirinhaém, na zona da mata, decretaram estado de emergência devido às chuvas que provocaram o transbordamento do rio no fim de semana. O número de pessoas que tiveram de deixar suas casas nessa área subiu para 700. Em Barra de Guabiraba, de acordo com a Comissão de Defesa Civil do Estado (Codecipe), 18 famílias perderam suas casas e estão em abrigos públicos.As chuvas, que haviam dado uma trégua de dois dias no Estado, voltaram a cair hoje. Das 9 horas às 15 horas a chuva acumulou 34 milímetros na região metropolitana. O acumulado do mês, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet-Recife) já chega a 300 milímetros, o que representa 75% da média de junho, que é 400 milímetros. No Recife, uma casa desmoronou no Bairro de Água Fria, sem vítimas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.