Cinco Estados e o DF são escolhidos para emitir nova carteira de identidade

Cartão com chip eletrônico substituirá as cédulas de RG gradualmente a partir de dezembro deste ano; escolha dos estados foi feita durante reunião, em Brasília

Priscila Trindade, estadão.com.br

16 de setembro de 2010 | 16h30

SÃO PAULO - Os Estados de Alagoas, Bahia, Maranhão, Rio de Janeiro, Santa Catarina e o Distrito Federal serão os primeiros a participarem do projeto-piloto da nova carteira de identidade, chamada de Registro de Identidade Civil (RIC).

 

A escolha dos estados foi feita durante uma reunião, em Brasília, na quarta-feira, 15, pelo Comitê Gestor do Sistema Nacional de Registro de Identificação Civil, coordenado pelo Ministério da Justiça.

 

O cartão substituirá gradualmente as cédulas de RG a partir de dezembro deste ano é um número único de registro de identidade civil - disponível por meio de um cartão magnético com impressão digital e chip eletrônico.

 

Com o tempo, o RIC poderá agregar futuramente a função de outros documentos, como, por exemplo, o título de eleitor, CPF e PIS-Pasep em um só documento.

 

A previsão é emitir 2 milhões de cartões RIC no lançamento do cartão. A substituição da carteira de identidade pelo RIC será feita ao longo de 9 anos.

 

O cartão incluirá, obrigatoriamente, nome, sexo, data de nascimento, foto, filiação, naturalidade, assinatura, impressão digital do indicador direito, o órgão emissor, local e data de expedição e de validade.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.