Cinco executivos sofrem assalto em Campinas

A assessoria de imprensa da Unilever do Brasil confirmou hoje em São Paulo a notícia veiculada ontem na edição online do jornal Star, da África do Sul, que informa o assalto de cinco executivos da empresa nas proximidades do hotel Royal Palm Plaza, em Campinas (SP), há quatro semanas.Os executivos desembarcaram no aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, e se dirigiam em um van para hotel em Campinas, para participar de uma convenção internacional da empresa. Quando chegavam ao hotel, foram abordados por um grupo de homens fortemente armados.De acordo com informações prestadas à polícia pelo motorista da van, o único do grupo que falava português, os assaltantes disseram que haviam se confundido. "Eles diziam que estavam procurado algumas pessoas que lhes deviam dinheiro. Mas quando viram o grupo de executivos, decidiram assaltá-los", informou a assessoria de imprensa.Os executivos ficaram sem a bagagem, os documentos, computadores portáteis, telefones celulares, cartões de cheque e dinheiro. "A empresa teve que providenciar até roupas para eles permanecerem no Brasil", disse a assessoria.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.