Cinco imigrantes africanos ilegais são presos no MA

Veleiro roubado em Cabo Verde teria trazido os seis homens; um caboverdiano está foragido

Solange Spigliatti, do estadao.com.br,

03 de fevereiro de 2010 | 10h37

Cinco imigrantes africanos ilegais foram presos nesta terça-feira, 2, na região de Tutoia, município do litoral leste maranhense por terem entrado em território brasileiro de modo ilegal.

 

Segundo a Polícia Federal, que efetuou as prisões, são quatro cidadãos de Gana e um cidadão de Cabo Verde. Um sexto elemento, também caboverdiano, está foragido.

 

Os seis homens teriam chegado ao Brasil no veleiro Enea Brasileira, de bandeira suíça, que foi roubado em Cabo Verde, em 12 de janeiro último, conforme denunciado por sua proprietária.

 

Uma vez ouvidos, os africanos deverão ser deportados para Cabo Verde, último país em que estiveram, antes de aportarem no Brasil, conforme indica a rota de navegação encontrada a bordo do veleiro.

 

Uma equipe da PF periciou o barco e sabe-se que o mesmo foi saqueado por locais, de modo que a cena encontrada pode não ser fidedigna aos fatos ocorridos no veleiro antes de o mesmo ter aportado no litoral maranhense.

 

A Interpol já está investigando o crime, pois a PF emitiu mensagem em alerta vermelho, solicitando cooperação internacional.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.