Cinco morrem em chacina na Grande SP

Cinco pessoas morreram e uma ficou ferida ontem à noite em Mogi das Cruzes, na Grande São Paulo, na oitava chacina ocorrida este ano na região metropolitana de São Paulo. Segundo a polícia, as vítimas foram baleadas no bairro Jardim Novo Horizonte, na divisa com o município de Itaquaquecetuba. O adolescente Levi, 16, Glauco das Chagas, 40, e Alex Sandro Francisco Pascoal, 18, foram surpreendidos por quatro homens armados, também a pé. Chagas morreu no local e Pascoal, enquanto era socorrido no pronto-socorro do Hospital Santa Marcelina, em Itaquaquecetuba.Anselmo da Silva Moraes, 24, presenciou a cena e, com medo de ser morto, correu para o interior de uma casa próxima, onde estavam Anderson Francisco Alves, 27, a esposa dele, Valéria Bispo da Costa, 18, e a filhinha do casal, Amanda, de um ano e meio. Os assassinos invadiram a casa e, para não deixar testemunhas, atiraram contra os três adultos, que morreram no local. Policiais militares foram informados que Levi havia sido levado para um pronto-socorro do SUS em Mogi das Cruzes. Quando entraram na casa, os soldados encontraram Amanda, deitada sobre o corpo do pai.

Agencia Estado,

12 de fevereiro de 2002 | 00h28

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.