Cinco mortos nas rebeliões em SP

Uma onda de rebeliões que eclodiu nesta segunda-feira nos presídios paulistas já deixou um saldo cinco mortos. A Polícia Civil da cidade de Assis, interior de São Paulo, disse que três pessoas foram mortas na penitenciária local. A Secretaria Estadual de Segurança Pública já confirmou uma morte na rebelião do presídio de Ribeirão Preto e outra no Cadeião de Pinheiros, Zona Oeste de São Paulo. A rebelião no Centro de Detenção Provisória do Belém (CDP), na Zona Leste, foi controlada. Não houve mortos, apenas feridos.A secretarias de Segurança Pública e Administração Penitenciária ainda não divulgaram um quadro geral das rebeliões. Hoje está completando um ano da megarrebeliãoorganizada pelo Primeiro Comando da Capital (PCC), que afetou 29 presídios em 22 cidades. Informações não oficiais indicam que há rebeliões em Assis, Hortolândia, Ribeirão Preto e Presidente Bernardes, todas cidades do interior paulista.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.