Cinco supostos traficantes morrem em tiroteio no Rio

Cinco supostos traficantes foram mortos numa troca de tiros com policiais do 16º Batalhão de Polícia Militar (Olaria), anteontem à noite, numa avenida próxima da saída da Vila Cruzeiro, na zona norte do Rio. Segundo a Polícia Militar, os bandidos deixavam a favela em quatro veículos, em direção ao Morro do Juramento, quando passaram por um carro da PM. Houve tiroteio. Um dos carros usados pelos supostos traficantes, um Honda Fit movido a gás natural, explodiu. Um dos ocupantes morreu carbonizado. Dois PMs e uma mulher que estava num ônibus que passava pela rua no momento do tiroteio ficaram feridos de raspão. Todos foram levados para o Hospital Getúlio Vargas. Foram medicados e liberados em seguida. A mulher, identificada como Fátima Regina Miranda Pereira, de 46 anos, foi atingida no rosto. Um sexto suspeito, Alexandre Cardoso de Souza, de 29 anos, também foi atingido por uma bala. Souza foi hospitalizado e está sob custódia da polícia. Um fuzil, uma metralhadora e três pistolas foram apreendidos. Em um dos veículos da quadrilha os policiais apreenderam granadas, pistolas, fuzis, metralhadora e munição. A polícia suspeita que o comboio seguia para o Morro do Juramento. Para evitar retaliações dos traficantes do complexo de favelas, o patrulhamento foi reforçado com agentes da PM e com o uso de carro blindado, conhecido como Caveirão, principalmente nas vias de acesso da Vila Cruzeiro.

Fabiana Cimieri, O Estadao de S.Paulo

04 Julho 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.