Cinco suspeitos de desaparecimento de Eliza depõem hoje em MG

Depoimentos colhidos hoje servirão como provas orais para verificar participação do primo do goleiro Bruno, J., de 17 anos no desaparecimento da estudante

Fabiana Marchezi, do estadão.com.br

22 de julho de 2010 | 09h30

SÃO PAULO - Cinco suspeitos de envolvimento no desaparecimento de Eliza Samudio vão depor na tarde desta quinta-feira, 22, em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte. Segundo o Tribunal de Justiça, todos já foram intimados e serão obrigados a comparecer e a responder as perguntas do juiz.

 

A Audiência de Instrução foi confirmada nesta quarta-feira, pelo Tribunal de Justiça, e está marcada para começar às 13h30, no Juizado da Infância e Juventude de Contagem, no Centro da cidade.

 

Segundo a Justiça, o juiz Elias Charbil Abdou Obeid vai colher prova oral de Luiz Henrique Romão, o Macarrão, do goleiro Bruno Fernandes, de Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, do primo do goleiro, Sérgio Rosa Sales, e de José Carlos da Silva, que mora no Rio. A oitiva deste último será feita por carta precatória que será enviada ao Juizado da Infância do Rio de Janeiro.

 

Devido ao fato de J., de 17 anos, ser menor de idade, as provas orais colhidas hoje serão para verificar sua participação no desaparecimento de Eliza Samudio para posteriormente condená-lo ou absolvê-lo. O processo tramita em segredo de Justiça e a imprensa não terá acesso à audiência nem aos depoimentos.

 

O menor, de acordo com a Justiça, vai estar presente para acompanhar os depoimentos, mas não haverá acareação em Juízo. O pedido de acareação feito pela Polícia ainda não foi autorizado pelo juiz e só será analisado depois da audiência.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.