Cinema da tragédia no shopping dá lugar a uma loja

A sala de cinema onde o ex-estudante Mateus da Costa Meira assassinou três pessoas vai ser transformada em uma nova loja no Morumbishopping. Quase cinco anos depois do crime, poucos freqüentadores ainda associam o local à tragédia ocorrida em novembro de 1999. Depois do crime, a sala 5 do Cine Paris ficou apenas três dias fechada. Ela voltou a receber projeções até outubro de 2002. Com a chegada de novos administradores, o cinema ficou fechado para reforma até 26 de julho do ano passado. Quando reabriu as portas com um novo nome, o Cine Morumbishopping passou a operar com quatro salas e um total de 916 lugares. A professora Laura Cesneros, de 33 anos, voltou hoje pela segunda vez ao novo cinema. ?Depois do crime, passei a freqüentar outros locais?, comentou Laura. ?Mas agora já não penso mais nisso?.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.