Cinquenta detentos fogem de complexo policial na Bahia

Segundo a Polícia Civil, o local tem capacidade para 32 presos e, no momento da fuga, abrigava 77

estadão.com.br,

28 Novembro 2011 | 14h01

SÃO PAULO - Ao menos 50 detentos do Complexo Policial dos Barris, no Centro de Salvador, na Bahia, fugiram no domingo, 27, depois de render funcionários na hora do café da manhã. Quinze já foram recapturados, segundo a Polícia Civil. Entre os fugitivos, 37 estavam presos na carceragem da 1º Delegacia e outros 13 na Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes.

Segundo a polícia, por volta das 6h30, quando um servente, acompanhado de dois policiais, chegavam com o café da manhã, foram rendidos por um grupo de detentos que já haviam cerrado as grades de algumas celas e liberados outros detentos. O grupo de presos estava escondido dentro de um quarto usado como depósito.

Um dos policiais que estava armado teve a clavícula deslocada e sua arma, uma .40, foi roubada, junto com um celular. Os detentos quebraram as janelas da delegacia e fugiram. Holney Batista da Silva, considerado um dos mais perigosos do Complexo, teria planejado a fuga dos detentos e estaria com a arma.

Segundo a Polícia Civil, a 1º Delegacia do Complexo dos Barris tem capacidade para 32 presos e, no momento da fuga, abrigava 77 pessoas. Já a delegacia de entorpecentes, com capacidade de 35 presos, abriga 70 detentos.

Mais conteúdo sobre:
prisão bahia complexo fugitivos

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.