Cinzas de vulcão atrapalham operação de voos entre Brasil e Argentina

Cinco chegadas e oito partidas que deveriam acontecer nos aeroportos de São Paulo e Rio foram canceladas

Priscila Trindade, Estadão.com.br

07 de junho de 2011 | 10h29

SÃO PAULO - A nuvem de cinzas do vulcão chileno Puyehue-Caulle, que fica perto da fronteira com a Argentina, prejudica a operação de voos entre o Brasil e a Argentina nesta terça-feira, 7. O vulcão entrou em erupção no sábado.

 

Levantamento feito pela Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) aponta que quatro chegadas - sendo três de Buenos Aires e uma de Córdoba - foram canceladas. As aeronaves deveriam pousar no Aeroporto Internacional Antônio Carlos Jobim, no Rio de Janeiro. Cinco partidas, todas para Buenos Aires, previstas para ocorrer até as 12 horas de hoje, também foram canceladas.

 

No Aeroporto de Guarulhos, na Grande São Paulo, uma chegada de Buenos Aires e três partidas para a Argentina foram canceladas. Os voos estavam previstos para acontecer nesta manhã.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.