Circulação de trens em ramal é normalizada no Rio de Janeiro

Usuários ocuparam a linha férrea entre as estações de Coelho da Rocha e Belford Roxo

Priscila Trindade, da Central da Notícias,

19 de dezembro de 2011 | 19h49

SÃO PAULO - A circulação de trens no Rio de Janeiro foi totalmente normalizada às 19h54 desta segunda-feira, 19, após uma composição apresentar problema operacional. A falha foi detectada às 18h31, entre as estações de Coelho da Rocha e Belford Roxo.

Devido a ocorrência, os passageiros tiveram que desembarcar. Segundo a concessionária SuperVia, empresa responsável pelo transporte, parte deles seguiu viagem na composição seguinte, mas um grupo ocupou a linha férrea. O ato impediu a circulação de trens no trecho. Durante o período, a circulação no ramal foi realizada entre as estações da Central do Brasil e Agostinho Porto. O Núcleo de Polícia Ferroviária foi acionado e liberou a via férrea.

Em nota, a SuperVia reconheceu "que ainda tem muito a melhorar na prestação do serviço" e afirmou estar investindo na aquisição e modernização de trens.

Outro caso

Na manhã da última sexta-feira, 16, passageiros protestaram após um trem que seguia de Santa Cruz para a Central do Brasil quebrar na altura de Oswaldo Cruz, no subúrbio. Segundo a Polícia Militar, os passageiros desceram da composição, provocando tumulto no local. A falha aconteceu às 7h53 e impediu o procedimento da viagem do trem. A circulação começou a ser retomada gradativamente por volta das 9h30.

Mais conteúdo sobre:
tremRio de Janeiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.