Clínica confirma morte de Cássia Eller

A Clínica Santa Maria confirmou no início da noite deste sábado a morte da cantora Cássia Eller. A cantora sofreu três paradas cardíacas. Ela havia sido internada pela manhã na clínica, em Laranjeiras, na zona sul do Rio de Janeiro. O hospital não informou o motivo da morte de Cássia.Segundo seu empresário, Ronaldo Villas, ela sentira enjôos durante a noite desta sexta-feira e fora medicada com soro e Plazil. No meio da tarde deste sábado, fora levada para o Centro de Tratamento Intensivo.Naquele momento, Villas garantiu que não havia risco de vida e que a cantora não pretendia cancelar o show previsto para a noite de segunda-feira, na Praça do Ó, na Barra da Tijuca, na zona oeste, dentro da programação da Prefeitura para o réveillon.No fim da tarde, Villas disse aos jornalistas que estavam no hospital que Cássia vinha de uma jornada de quase 15 shows por mês desde maio passado e que várias pessoas da sua equipe, com 20 integrantes, tinham dado sinais de esgotamento.Ele havia prometido um boletim sobre a o estado de saúde da cantora, mas voltou atrás, alegando que muitas pessoas de sua família estavam em trânsito e que ele preferia que elas não recebessem informações de segunda mão.CarreiraCássia Eller começou sua carreira em Brasília e foi para o Rio há oito anos. Este ano, lançou seu disco "Acústico" e vendeu mais de 250 mil cópias, além de ter feito uma turnê nacional.Para o show do réveillon, estava prevista também a participação do grupo AffroRio e da escola de samba Grande Rio, de Duque de Caxias.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.