CNBB cobra pressa na demarcação de terras

QUESTÃO INDÍGENA

, O Estadao de S.Paulo

23 de março de 2010 | 00h00

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) quer uma resposta mais rápida do governo federal quanto à demarcação das terras dos índios guaranis em Mato Grosso do Sul. Em visita a indígenas acampados à margem de estradas na região de Dourados, o secretário-geral da entidade, d. Dimas Lara Barbosa, disse que a CNBB já enviou carta ao presidente Lula pedindo agilidade. Nota divulgada pelo Conselho Indigenista Missionário diz que os guaranis estão sendo vítimas de "graves violações de direitos humanos".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.