CNJ decide organizar atividade de conciliação

JUDICIÁRIO

, O Estado de S.Paulo

30 Novembro 2010 | 00h00

O Conselho Nacional de Justiça aprovou resolução para transformar a conciliação em atividade organizada do próprio Judiciário. A resolução será publicada esta semana e prevê que a Justiça tenha órgãos e pessoas treinadas em métodos alternativos para a resolução de conflitos - como a conciliação, a mediação e a arbitragem. "Queremos criar mais um serviço organizado do Judiciário para resolver ou prevenir litígios", explicou o presidente do CNJ, Cézar Peluso.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.