Cocaína boliviana chega em caminhão de mudança

Com a prisão de um homem gaúcho e um sul-matogrossense, na zona Sul da capital, a Polícia Federal descobriu, na noite desta sexta-feira, mais uma modalidade de tráfico de cocaína, oriundo da Bolívia. O entorpecente é transportado dentro de móveis e eletrodomésticos, em caminhão de mudança. Na casa em que eles estavam foi encontrados cerca de 250 quilos da droga.Carlos Machado, do Rio Grande do Sul, e Luís Antonio Lima Neves, do Mato Grosso do Sul, alugaram, há três ou quatro meses, uma casa na Rua Antonio Machado Sobrinho, em Cidade Ademar. Nesse período, segundo a proprietária do imóvel, chegaram dois caminhões de mudança e foram descarregados muitos móveis e outros objetos domésticos.Tudo estava empilhado na garagem e, após breve vistoria a polícia descobriu que os móveis tinham fundos falsos, onde a droga estava acondicionada, e que em quase tudo havia pacotes de coresvariadas, contendo cocaína. Segundo a PF, as cores identificam diferenciação na pureza e na qualidade do entorpecente.A dupla, que foi autuada em flagrante por tráfico internacional, não forneceu nomes de outros integrantes e dirigentes da quadrilha. Num Fiat Palio, também alugado, que estava à porta,foram encontradas duas mala também repletas de cocaína.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.