Colegas demonstram preocupação

Na saída da aula, ontem, no turno da manhã, muito antes de saber que as meninas haviam sido localizadas, alunos do Colégio Equipe demonstravam preocupação com Ana Lívia e Giovanna. "Elas podem ter se metido em uma roubada", disse uma amiga, de 16 anos. A recepção que elas terão quando voltarem também era motivo de preocupação. "Será que vão julgar as meninas ou se preocupar em dar um bom acolhimento? Isso é o mais importante", disse outro colega. No início da aula, a direção se reuniu com os alunos para oferecer apoio a quem estivesse desconfortável com a situação. "A posição da escola é de solicitar de alunos e professores as informações disponíveis e passar às famílias e autoridades", disse o diretor do colégio, Luis Marcio Barbosa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.