Coligação de Lula tem 72 horas para regularizar candidatura

O ministro Gerardo Grossi, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), determinou aos partidos que integram a coligação A Força do Povo, que tem como candidato o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que regularizem o pedido de registro da candidatura à reeleição.O ministro deu um prazo de 72 horas para que sejam feitas algumas correções no pedido de registro.Entre os problemas detectados está a assinatura do pedido de registro. O pedido foi assinado somente pelo presidente nacional do PT, Ricardo Berzoini.De acordo com a legislação, representantes dos outros partidos que compõem a coligação também têm de assinar o pedido.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.