FABIO MOTTA / ESTAD?O
FABIO MOTTA / ESTAD?O

Com 34ºC, praias lotam no Rio; São Paulo tem chuva

Capital fluminense registrou alta movimentação nas praias e prefeito convidou turistas a estenderem estadia até o fim de semana. Na capital paulista, chuva deve continuar

Roberta Jansen, O Estado de S.Paulo

02 Janeiro 2018 | 22h10

RIO E SÃO PAULO - No primeiro dia útil posterior ao ano-novo, turistas e moradores do Rio lotaram as praias. A temperatura chegou a 34 graus e o sol finalmente apareceu, depois de quase uma semana de tempo nublado. Nas redes sociais, o prefeito do Rio, Marcelo Crivella postou nas redes sociais um vídeo em que fez um balanço das festividades do Réveillon e conclamou os turistas a estenderem sua estada na cidade até sábado, quando haverá um desfile das escolas de samba do grupo especial pela orla e um show no palco montado na praia de Copacabana.

“Começou o ano de 2018 e quero convidar todos os cariocas para a gente continuar firme na nossa missão de fazer do Rio uma cidade maravilhosa, de encantos mil. A mais linda do Brasil”, disse o prefeito. “O Réveillon passou e, graças a Deus, tivemos uma festa muito bonita e em paz. Mas agora, no dia 6, vai ter um encontro inédito e maravilhoso. As baterias das escolas de samba vão se encontrar com a Orquestra Sinfônica da Petrobras. Vai ser um show inesquecível. E eu gostaria de convidar todos vocês que estão no Rio passeando, como turistas, e os cariocas, que fiquem para prolongar esta semana até sábado, quando teremos esta grande festa.”

Mas nem precisava de apelo. Os turistas e os moradores do Rio que estavam de folga lotaram as praias nos primeiros dois dias do ano, em que a temperatura chegou aos 34 graus e o sol finalmente apareceu depois de quase uma semana de tempo nublado.  Até as 10h do dia primeiro, a Comlurb já havia retirado 653 toneladas de lixo das praias e todos puderam aproveitar o sol.

De acordo com estimativas da Riotur, a cidade recebeu 910 mil turistas no período do réveillon, que movimentaram R$ 2,3 bilhões. Segundo a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH), a ocupação hoteleira foi de 97% em média. A Prefeitura estimou em 2,4 milhões o número de pessoas que celebraram a passagem do ano em Copacabana, ao som do show de Anitta.

No vídeo postado nas redes sociais, Marcelo Crivella falou sobre a segurança e a limpeza na cidade. “A polícia está nas ruas; a Guarda Municipal, atenta. A Comlurb fez um trabalho extraordinário”, disse o prefeito. “A nossa cidade recebeu milhões de pessoas para a festa e se encontra limpa, arrumada. Continuam nossos desafios. Todos sabem que o Brasil enfrenta dificuldades econômicas, mas estamos mais do que nunca animados para fazer de 2018 o melhor ano de nossas vidas.”

No próximo sábado, as 13 escolas de samba do grupo especial vão desfilar pela orla de Copacabana. Sete delas sairão do Leme e outras seis da altura da rua Figueiredo Magalhães, cantando sambas históricos. Os puxadores das diferentes agremiações se encontram no palco, em frente ao Copacabana Palace, onde se apresentam com a Orquestra Petrobras Sinfônica, com 59 músicos, sob a regência de Isaac Karabtchevsky.

Guarda-chuva. Mas enquanto no Rio as pessoas se estenderam na areia e sob guarda-sóis, os paulistanos buscaram abrigo sob guarda-chuvas. Nos dois primeiros dias de 2018 a chuva não deu trégua na capital paulista. E deve continuar ao longo da semana.

A previsão para São Paulo hoje é de grande precipitação, com risco até de alagamentos, transbordamento de rios e deslizamentos de terra. As rajadas de vento poderão alcançar até 70 km/h, na Grande São Paulo, no litoral e no Vale do Paraíba. Amanhã, a chuva deve ser mais concentrada no Rio.

“Serão vários sistemas meteorológicos que vão contribuir para aumentar a chuva”, alerta a meteorologia da Climatempo Fabiana Weykamp. Segundo a empresa, ventos estão trazendo muita umidade da Região Amazônica. Além disso, uma frente fria se destaca no mar, ao largo do litoral de São Paulo e do Rio de Janeiro. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.