Com chuva, Congonhas opera normalmente nesta quinta-feira

Mesmo com as fortes chuvas que caía na cidade de São Paulo na manhã desta quinta-feira, 8, o Aeroporto de Congonhas, na zona sul da capital, permanecia aberto às 7h45, segundo informações da Rádio Eldorado. Porém, alguns vôos apresentavam atrasos de mais de uma hora. A Infraero não registrava nenhum cancelamento e a ponte aérea Rio-São Paulo operava sem nenhum problema. Quatro das decolagens eram da TAM, com destino à São José do Rio Preto, para Uberlândia, para o Rio de Janeiro e Porto Alegre. As chegadas atrasadas eram oito, vindas de Aracaju, de Recife, Rio, Cuiabá e dois de Guarulhos. Dois vôos, por conta da chuva, ficaram com cerca de três horas de atrasos. O vôo da Gol, vindo de João Pessoa, deveria chegar apenas às 9h30 e outro vôo da Gol, vindo de Porto Seguro, deveria chegar às 10 horas, também com mais de três horas de atraso. Na quarta-feira, o Tribunal Regional Federal da 3ª Região revogou a decisão que restringia o pouso de vôos Fokker 100 e Boeing 737-700 e Boeing 737-800 no Aeroporto de Congonhas. O desembargador federal Antônio Cedenho, decidiu cancelar a decisão, que entraria em vigor a partir da zero hora desta quinta-feira. Apesar da decisão, continua em vigor a interdição da pista em dias de chuva forte, com a intenção de evitar derrapagens.

Agencia Estado,

08 Fevereiro 2007 | 08h09

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.