Com chuva forte, Paes pede que população do Rio fique em casa

Há alagamentos na cidade, houve deslizamentos e trens foram afetados; em Nova Iguaçu, pedreiro desapareceu após cair em rio

Sergio Torres e Thaise Constancio, O Estado de S. Paulo

11 Dezembro 2013 | 07h38

Atualizado às 12h38.

RIO - O Rio vive dia de transtornos nesta quarta-feira, 11, por causa do temporal que cai na cidade desde a noite de terça-feira, 10. Em entrevistas, o prefeito Eduardo Paes (PMDB) pediu à população que evite sair de casa. "Nosso pedido é para quem não tiver que sair de casa na manhã evite o deslocamento", disse ele. Construída para ser alternativa à demolição do elevado da Perimetral, a Avenida Binário alagou nos dois sentidos na primeira chuva forte que atingiu o Rio desde a sua inauguração, no início de novembro. A cidade tem vários outros pontos de alagamento e a situação do trânsito está complicada. Uma estação de trem na zona norte ficou completamente alagada. Houve desabamentos e duas pessoas ficaram feridas na zona oeste da capital. Em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, um pedreiro caiu em um rio e está desaparecido.

As pistas estão alagadas na altura da Cidade do Samba, na zona portuária carioca. A Binário encheu durante a madrugada. Sem a Perimetral e com a alternativa obstruída pela água, o engarrafamento é enorme, com reflexos na ponte Rio-Niterói, Avenida Brasil e Linha Vermelha.

Em entrevista à TV Globo nesta manhã, o prefeito Eduardo Paes (PMDB) creditou a enchente ao fato de a obra na região ainda estar sendo realizada. Segundo ele, deve ter ocorrido algum problema no sistema de drenagem da nova via.

Mais alagamentos. A forte chuva que cai no Rio provocou alagamentos em outros pontos da cidade. Por volta das 7h, a Avenida Radial Oeste, no Maracanã, a pista sentido Meier foi fechada. Duas horas depois, a pista sentido centro também foi fechada.

A Avenida Brasil, importante via expressa da cidade, está interditada na altura de Manguinhos. As pistas centrais e laterais estão alagadas e os motoristas não conseguem seguir. A Via Dutra também está fechada.

A concessionária MetrôRio informou que a Linha 2 está fechada. A concessionária de trens Supervia suspendeu a circulação nos ramais Saracuruna e Belford Roxo. Nos outros ramais os intervalos entre os trens são irregulares.

O trânsito segue lento nas vias expressas Linha Vermelha e Linha Amarela. A Via Binário, na zona portuária, inaugurada há cerca de um mês, também ficou alagada.

O Sistema de Alerta de Cheias do Instituto Estadual do Ambiente (Inea) mantém todos os rios em estado de atenção. Na capital, o sistema Alerta Rio monitora os índices pluviais.

Mais conteúdo sobre:
binário perimentral alagamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.