Com força política, Tarso aprova projetos

RIO GRANDE DO SUL

Elder Ogliari, O Estado de S.Paulo

10 Abril 2011 | 00h00

Demonstrando uma força política que o PT não havia conseguido antes na Assembleia gaúcha, o governador Tarso Genro (PT) aprovou todos os projetos que apresentou e evitou a abertura de uma CPI nos primeiros 100 dias de sua gestão. "Nenhuma das políticas estruturadoras nossas deixou de ser encaminhada; inclusive algumas já estão resolvidas", afirma o governador.

É justamente parte daquilo que o governo define como "reorganização da estrutura administrativa" o alvo da oposição. A criação de 5 secretarias e órgãos públicos e de 416 vagas (256 para cargos comissionados), por exemplo, foi considerada uma "incoerência", já que havia críticas para práticas semelhantes em governos anteriores.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.