Com força política, Tarso aprova projetos

RIO GRANDE DO SUL

Elder Ogliari, O Estado de S.Paulo

10 Abril 2011 | 00h00

Demonstrando uma força política que o PT não havia conseguido antes na Assembleia gaúcha, o governador Tarso Genro (PT) aprovou todos os projetos que apresentou e evitou a abertura de uma CPI nos primeiros 100 dias de sua gestão. "Nenhuma das políticas estruturadoras nossas deixou de ser encaminhada; inclusive algumas já estão resolvidas", afirma o governador.

É justamente parte daquilo que o governo define como "reorganização da estrutura administrativa" o alvo da oposição. A criação de 5 secretarias e órgãos públicos e de 416 vagas (256 para cargos comissionados), por exemplo, foi considerada uma "incoerência", já que havia críticas para práticas semelhantes em governos anteriores.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.