Ana Paula Niederauer / Estadão
Ana Paula Niederauer / Estadão

Com funk, samba e axé, Bloco da Preta fecha o pós-carnaval no Parque do Ibirapuera

Pela primeira vez, cantora apresenta seus hits no circuito do carnaval de São Paulo

Ana Paula Niederauer, O Estado de S.Paulo

10 de março de 2019 | 14h06

SÃO PAULO - O Bloco da Preta, comandado pela cantora Preta Gil, tomou as ruas em frente ao Parque do Ibirapuera, na zona sul de São Paulo. Preta, que fez sua estreia na folia paulistana, foi uma das principais atrações do pós-carnaval da capital paulista. Segundo a organização, o público foi estimado em 180 mil pessoas.

A concentração de foliões começou por volta das 13h na Avenida Pedro Álvares Cabral, em frente ao Obelisco do Ibirapuera e o desfile seguiu em direção ao Monumento às Bandeiras. E o bloco começou a andar por volta de 14h20. 

Após dez anos agitando as ruas do Rio e Salvador, o Bloco da Preta apresentou hits como "Excesso de Gostosura".  A cantora, que contou com a bateria Black Power, animou os foliões com sucessos de funk, samba, sertanejo e axé.

"Estou realizando um sonho que sempre tive de trazer o Bloco da Preta para São Paulo. E esse sonho só é possível por causa de vocês. Levantem os braços e vamos dizer não a homofobia" disse a cantora no início da música Sinais de Fogo.

Para curtir o bloco da Preta, foliões usaram a criatividade neste domingo, 10. Era possível ver fantasias de personagens como Minnie, Malévola e Mulher Maravilha.

O empresário Rodrigo Gasparetto, de 28 anos, curtiu o bloco fantasiado de Malévola. Ele disse estar emocionado com a energia de Preta Gil. "Ela é maravilhosa. Já tive a oportunidade de vê-la no Rio e hoje estou aqui para prestigiá-la."

Preta Gil embalou a multidão com seus próprios hits e também com sucessos de outros artistas, como Pabllo Vittar, Daniela Mercury, Zé Ramalho, Netinho, Xuxa e Balão Mágico. 

Por volta de 16h, começou a chover, mas isso não diminuiu a festa. MC G7 se apresentou no bloco e fez o público requebrar na avenida ao som de funk. Na sequência, a cantora Lexa subiu no trio elétrico. Ela acabou participando do Bloco da Preta após o trio em que ela se apresentaria, na Marquês de São Vicente, não comparecer ao local.  Às 16h20, a cantora Glória Groove participou do  bloco da Preta e levou o público ao delírio. 

Cleusa Maria Bispo de Santana, de 60 anos, levou a neta, Kimerllyde, de 8 anos para curtir o bloco da Preta."A Preta Gil é minha conterrânea. Desde a minha adolescência, participo de blocos de Carnaval. Sempre fui atrás do trio elétrico. Aqui em São Paulo é a primeira vez que participo da folia. A festa está maravilhosa e que a organização está de parabéns", disse Cleusa.

O bloco encerrou a participação no carnaval por volta das 18h e o público começou a se dispersar em frente ao Monumento às Bandeiras. Preta, que cantou por quatro horas seguidas, deu adeus aos foliões ao som de "Vou pedir pra você Ficar", de Tim Maia.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.