Divulgação/PF
Divulgação/PF

Com mais de 800 kg, PF faz apreensão recorde de maconha no RN

Droga estava escondida em caixotes de madeira selados que foram levados para casa na Grande Natal

Solange Spigliatti, estadão.com.br

26 Agosto 2011 | 15h02

SÃO PAULO - A Polícia Federal apreendeu cerca de 814 quilos de maconha na quinta-feira em São José de Mipibu, na região metropolitana de Natal, durante Operação Colossal. A quantidade apreendida na região rural da cidade é considerada recorde no Rio Grande do Norte. Duas pessoas foram presas.

 

A droga foi encontrada em uma casa no distrito de Taborda, onde estavam um servente de pedreiro, de 20 anos, e um vigilante, de 44 anos. Com os dois suspeitos os policiais apreenderam ainda 17 quilos de cocaína, armas, celulares, um veículo e balanças de precisão.

 

A PF vigiava a casa em um sítio à beira da BR-101 há cerca de um mês, após denúncia de moradores da região sobre uma movimentação suspeita. No fim da noite, os agentes viram a chegada de um caminhão-baú, que descarregou divisórias e caixotes de madeira. Logo após, os dois homens começaram a tirar, com o auxílio de uma serra elétrica, os pacotes de entorpecente que estavam escondidos na carga.

 

Cerca de 1.153 tabletes de drogas estavam sendo postos em malas dentro de uma caminhonete que estava na garagem. O acabamento dos caixotes era selado, sem parafusos ou pregos, o que fazia os entorpecentes passarem despercebidos de vigilância, segundo a polícia.

 

 

Os dois presos disseram que foram convidados para alugar o sítio onde foi encontrada a droga, mas se negaram a informar o nome do contratante e alegaram que só relatariam mais detalhes em juízo. A PF continua a investigação para prender o restante da quadrilha.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.