Com o frio, Serra Gaúcha tem primeira neve do ano

Em São Paulo, madrugada foi a mais fria de 2009

, O Estadao de S.Paulo

03 de junho de 2009 | 00h00

A primeira grande onda de frio do ano provocou queda rápida de neve em cinco cidades da serra do Rio Grande do Sul e na catarinense São Joaquim, entre a noite de segunda-feira e a tarde de ontem. No Paraná, foram verificadas geadas em várias regiões, particularmente no centro-sul e campos gerais. Em São Paulo, a temperatura também despencou.No Rio Grande do Sul, o 8º Distrito de Meteorologia registrou neve fraca em Bom Jesus, das 22h20 às 22h27 de segunda-feira e das 13h11 às 13h12 e das 14h02 às 14h05 de ontem. Em Cambará do Sul nevou das 14h50 às 14h55. Além dos registros oficiais, moradores de Gramado, São Francisco de Paula e São José dos Ausentes dizem ter visto neve durante o dia.A temperatura, segundo o 8º Distrito, variou de 1,4°C em Bom Jesus, Cambará do Sul e Sant?Anna do Livramento a 16,5°C em Torres. A queda da temperatura é provocada pela chegada de uma massa de ar polar ao Sul e deve se intensificar na madrugada de hoje, chegando a -4°C.Em São Joaquim, na Serra de Santa Catarina, a neve caiu por cerca de cinco minutos a partir das 14h30. Com temperatura de 3°C, a sensação térmica é de -13°C. O Estado também teve geadas fortes em várias regiões.SÃO PAULO GELADAOs termômetros registraram ontem a madrugada mais fria do ano em São Paulo. A temperatura mínima média foi de 8°C, de acordo com medições do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) feitas no Mirante de Santana, na zona norte da cidade. Mas o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) chegou a marcar 4,1°C em Parelheiros, extremo sul. Os especialistas preveem para hoje uma madrugada ainda mais gelada, com mínima média de 5°C. No interior, a mínima prevista é de 0°C. Além de ser, por enquanto, a menor temperatura do ano, o frio registrado na madrugada de ontem também ultrapassou a mínima de 2008. "No ano passado, a madrugada mais gelada marcou 8,3°C", afirma Fabiana Weykamp, meteorologista da Climatempo. A baixa temperatura, segundo especialistas, é reflexo de uma massa de ar polar que se desloca por São Paulo. "A massa polar chegou no domingo ao Estado, mas ontem entrou na cidade e a temperatura começou a cair. De terça para quarta-feira, teremos o pico de frio e na sexta a temperatura volta a subir", diz Fabiana.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.