Com tempo bom, paulistano sai às ruas para se exercitar na Virada Esportiva

A segunda edição da Virada Esportiva começou ontem às 14 horas, com quase 700 atividades em cerca de 400 pontos da capital. No sambódromo do Anhembi, na zona norte, esportistas premiados participaram de oficinas para iniciantes. O medalhista de ouro no tae kwon do nos Jogos Pan-Americanos de 2007, Diogo Silva, orientava as crianças nos exercícios. Trata-se da primeira vez que participa da Virada. "É importante incentivar as crianças para a prática de esportes, ainda mais em São Paulo, uma cidade carente de esporte público, onde tudo é pago." Muitas famílias aproveitaram o dia de sol para passear com as crianças. Adriana Jacquet levou os filhos Leonardo, de 10 anos, Juan, de 8, e Kayan de 5, e a sobrinha Gabrielly, de 10, ao Anhembi. Eles brincaram no surfe mecânico, que imita o touro mecânico, mas sobre uma prancha. "Agora quero surfar no mar", adiantou Kayan.Já a recepcionista Aline Machado, de 20 anos, aproveitou bem a Virada. "Escalei a parede de alpinismo!" Ela ainda andaria de skate e saltaria de bungee jump, atividade também escolhida pela atriz Karina Bacchi.Na abertura, na Arena da Juventude Radical, o prefeito Gilberto Kassab ressaltou a importância do evento. "A Virada Esportiva mostra que o brasileiro quer praticar atividades esportivas. Basta apresentar alternativas." Hoje, Kassab deve andar de jet ski pela manhã na Represa do Guarapiranga. "Foi uma grande sacada incorporar um evento como este no calendário de São Paulo", disse o ministro dos Esportes, Orlando Silva. Ele espera que outras cidades se inspirem na iniciativa, mas duvida da possibilidade de um evento nacional. A Virada vai até as 14 horas de hoje. Confira a programação no www.estadão.com.br.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.