Comandante da PM garante reforço da segurança nas ruas

O comandante geral da Polícia Militar do Estado de São Paulo, Eliseu Eclair, garantiu, durante entrevista coletiva na tarde desta segunda-feira, 7, que na terça-feira, 8, todo efetivo estará nas ruas "para garantir que todo cidadão consiga ir ao trabalho ou à escola com tranqüilidade". Ele também pediu para que a população mantenha a rotina normal, apesar da terceira onda de ataques atribuída à facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC). Eclair afirmou que carros da Polícia Militar e da Guarda Civil Metropolitana (GCM) também irão reforçar os principais corredores e terminais de ônibus da capital. "A polícia vai estar presente como sempre esteve. Esse é o nosso compromisso. É o meu compromisso como comandante", afirmou. Eclair disse ainda que policiais à paisana estarão nos ônibus e que esta medida também deverá ser adotada nos municípios da Grande São Paulo, como Osasco, Guarulhos e outras cidades do ABC paulista. "Tenho certeza que responsáveis pelos novos atentados serão presos", disse Eclair.O coronel acredita que os ataques criminosos devem ocorrer até as próximas eleições de outubro. Segundo ele, é possível essa previsão "por causa das escutas telefônicas recebidas polícias Civil e Federal". Eclair pediu para a população denunciar ações criminosas através dos telefones 181 ou 190.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.