Comandante da Polícia Militar do Rio é exonerado

O comandante da Polícia Militar do Rio, coronel Renato Hottz, foi exonerado hoje do cargo. A decisão foi anunciada pelo secretário de Segurança Pública, Anthony Garotinho. Na terça-feira, o secretário já havia admitido a possibilidade de realizar mudanças nos comandos das polícias Civil e Militar. No ano passado, o secretário chegou a condicionar a permanência de Hottz, ao cumprimento de metas no combate ao crime.Ainda ontem, foram exonerados o comandante do 15º Batalhão, tenente-coronel Hiran de Carvalho, e o subcomandante da unidade, tenente-coronel Jaime Teodoro dos Santos, ambos acusados de corrupção.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.