Começa cerimônia de canonização de santa brasileira

Cerca de 20 mil pessoas estão presentes na Praça São Pedro, coração do Vaticano, para assistir à cerimônia de canonização dos novos santos católicos que serão consagrados hoje. Desse total, cerca de 2.500 são brasileiros, que coloriram de verde e amarelo um pedaço da praça. Dentre os novos santos está madre Paulina, uma religiosa brasileira que, apesar de ter nascido na Itália, mudou-se aos dez anos de idade para Santa Catarina. Além de Madre Paulina, há espanhóis, italianos e até um índio mexicano na relação de novos santos da Igreja de Roma. O processo religioso para a canonização de Madre Paulina começou no ano de 1965. Foi necessário que médicos, peritos e representantes do alto escalão do Vaticano confirmassem ao menos dois milagres realizados por madre Paulina antes que o processo fosse concluído.O presidente da República, Fernando Henrique Cardoso, está presente, e acompanha a cerimônia junto às autoridades.Leia também: Madre Paulina, a primeira santa do Brasil

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.