Começam buscas aos corpos de vítimas de acidente no Chile

As buscas aos corpos das seis vítimas do acidente com um avião bimotor, ocorrido na região de Coihaique, sul do Chile começaram na manhã deste sábado, informou o jornal El Mercúrio. Até às 9 horas, não foram confirmadas as nacionalidades dos turistas mortos, mas suspeita-se que sejam quatro brasileiros e uma, chilena, além do piloto, também chileno.Os nomes das vítimas Jas foram divulgados pela empresa proprietária da aeronave, a "Transportes Aéreos São Rafael". São eles: Claudio Magalea, Andy Romareiros, Mario José Movarios, César Oliveira e Claudio Poblet. A aeronave desapareceu pouco depois de ter levantado vôo, às 13h35 (14h35 no Brasil), desta sexta-feira, dia 24, para um passeio de uma hora."É um lugar muito difícil para chegar por terra, por isso usaremos uma equipe militar para resgatar os corpos", disse o capital do Serviço Aéreo de Resgate Julio Mella, que sobrevoou o local do acidente em um helicóptero do Exército, segundo o site do jornal.Nem parentes nem amigos das supostas vítimas buscaram informações no consulado até as 22 horas (horário de Brasília) de ontem. O ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, que está em Santiago, determinou a busca de informações adicionais e o apoio consular aos familiares das vítimas. O consulado brasileiro fez contato com as autoridades chilenas para identificar as vítimas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.