Comerciante acha maconha enterrada no quintal

Uma comerciante de Sorocaba descobriu 60 quilos de maconha enterrados sob um limoeiro quando fazia uma faxina, ontem, no quintal de uma de suas casas. A droga, acondicionada em tijolos prensados, estava dentro de um contêiner plástico usado na coleta pública de lixo. O imóvel, localizado na Vila Haro, zona leste da cidade, estava desocupado e a mulher fazia a limpeza para tentar alugá-lo. Ela pediu para não ser identificada, pois teme represálias dos possíveis donos da droga. Ajudada por um empregado, ela removia o mato com uma enxada quando bateu em uma espécie de urna. Com receio de que se tratasse de um corpo, pois o conteúdo exalava mau cheiro, a dona do imóvel chamou a Polícia Militar. Os policiais cavaram o lugar e removeram a tampa do contêiner, encontrando a droga. A maconha foi recolhida e levada para o 2º Distrito Policial. O recipiente foi colocado à disposição da prefeitura. A casa estava desocupada havia dois anos, mas a comerciante ia ao local com freqüência para apanhar limões. Vândalos haviam pichado o imóvel e arrebentado uma das janelas.Ela disse ter encontrado, recentemente, alguns mendigos morando no lugar, mas conseguiu fazê-los saírem

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.