Comerciante de São Paulo é morto em Jundiaí

O comerciante de São Paulo, Sérgio Massaturu Yoshimoto, de 37 anos, foi morto na manhã desta segunda-feira com três tiros de revólver, em uma chácara do Condomínio Santa Rita, em Campo Limpo Paulista. Segundo o delegado Wálter Mendonça, dois homens aproveitaram a troca de vigilantes, entraram na chácara e chamaram a vítima para um "acerto de contas". Antes que Sérgio saísse, os assassinos ainda atiraram contra o cachorro que guardava a residência. Sérgio teria argumentado com os acusados, pedindo para que poupassem os seus parentes e avisou que havia crianças no interior da casa. O delegado Wálter Mendonça pretendia interrogar os parentes de Sérgio, para tentar descobrir detalhes sobre os assassinos, que estariam encapuzados. Sérgio tinha passagens pela Polícia, por furto, estelionato, receptação e havia um mandado de busca emitido pela Justiça da Capital por tráfico de drogas, com pena fixada em oito anos e nove meses.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.