Comerciante é assassinada pelo marido em Caçapava

A comerciante e secretária escolar Cacilda Aparecida dos Santos, de 49 anos, foi assassinada pelo próprio marido em Caçapava, no Vale do Paraíba. O crime ocorreu por volta das 23 horas da última terça-feira, 9, na residência onde o casal morava no centro da cidade. Ivan da Silva, de 33 anos, teria atirado cerca de dez vezes contra a mulher e em seguida tentou suicídio.A discussão começou pouco antes dos disparos e os vizinhos chamaram a polícia. Quando os policiais militares chegaram Ivan atendeu da janela e não deixou os militares entrarem na casa. Informou que estava tudo bem e entrou na casa, atirando contra si mesmo em seguida.Os disparos foram ouvidos pelos vizinhos. "Deu pra ouvir nitidamente, primeiro a discussão, depois os tiros". As discussões eram constantes e segundo a própria família, Ivan era violento."Eles estavam pra se separar. A voz dele nem se ouvia, mas a dele sim", contou a também vizinha Cristina Barros. "A gente não se dava bem, ninguém da família tinha contato com ele", contou o sobrinho da vítima Luciano Mamede. "Estamos chocados. Uma hora antes ela estava fazendo compras com minha mãe."A polícia não tem dúvida que o crime é passional. Ivan foi internado em estado grave no Hospital de Caçapava e vai ser preso assim que tiver alta hospitalar.A professora que atuava como secretária de uma escola municipal e também era dona de uma boate foi enterrada no cemitério municipal de Caçapava às 16 horas desta quarta-feira, 10.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.