Comerciante é assassinado ao abrir padaria

O comerciante Iracino Garbin, de 66 anos, foi encontrado morto por volta das 3 horas da madrugada desta segunda-feira, 18, em frente à panificadora da filha, no Brooklin, zona sul de São Paulo. A polícia ainda não sabe se ele foi vítima de assalto, pois foi encontrado, ao lado do corpo, um envelope contendo R$ 616,00 em dinheiro e as portas da padaria ainda estavam fechadas.Segundo a família, Iracino trabalhava na padaria de propriedade da filha e diariamente abria o estabelecimento, no início da madrugada. Outros funcionários chegavam logo em seguida. O dinheiro do envelope era para pagamento de fornecedores. Se aconteceu um assalto, o ladrão, depois do disparo pode ter se apavorado e fugiu sem levar a quantia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.