Comerciante é libertado de cativeiro na zona norte de SP

Um comerciante, identificado apenas como Maurício, de 30 anos, foi libertado, no início da madrugada deste sábado, de um cativeiro. Ele foi seqüestrado no início da manhã de sexta-feira, por 4 homens, quando estava no interior de um de seus estabelecimentos, na região de Pirituba, zona oeste da capital paulista.Após levarem a vítima para o cativeiro, montado nos fundos de um bar no Jardim Elisa Maria, na zona norte, os criminosos entraram em contato com a esposa do comerciante. A mulher pediu ajuda a agentes da Delegacia Anti-Seqüestro (DAS), que sugeriram que ela fizesse acordo sobre o valor do resgate e marcasse o local para entregar o dinheiro.À 0h30 deste sábado, na Avenida General Edgar Facó, na Freguesia do Ó, também zona norte, a mulher apareceu e, no momento em que ela entregava o dinheiro para um dos seqüestradores, os policiais civis entraram em cena e detiveram o bandido, que ainda não teve o nome divulgado, mas é conhecido como "Dedo Mole".Imediatamente os policiais foram até o cativeiro, cujo endereço foi fornecido pelo seqüestrador preso, e libertaram Maurício. Os outros três criminosos seguem foragidos. O valor do resgate exigido pelo criminosos não foi divulgado pela polícia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.