Comerciante é morto ao reagir a assalto

O comerciante Lázaro Eugênio Rossetto, de 65 anos, foi morto ontem após reagir a um assalto em seu mercado, no Jardim das Nações, em Diadema. De acordo com a polícia, três bandidos chegaram por volta das 16 horas e renderam uma funcionária e o comerciante. Eles começaram a recolher dinheiro, cheques e maços de cigarro. Enquanto isso, Rossetto pegou um revólver calibre 38. Os bandidos dispararam três tiros, chutaram o comerciante e disseram que "isso é para o senhor não aprender a não reagir a assalto". Ninguém foi preso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.