Comerciante é morto após briga de trânsito em Ribeirão Preto

O comerciante José Amauri Augusto, de 46 anos, morreu após ser baleado durante uma briga de trânsito na tarde de segunda-feira, 11, em Monte Alto, na região de Ribeirão Preto. Seu corpo foi enterrado nesta terça, 12. O autor dos tiros, o também comerciante André Luís Araújo, de 43 anos, está foragido. O delegado do município, Antônio Carlos Barros de Mello, abriu inquérito para apurar homicídio qualificado por motivo fútil.Araújo ainda poderá ser indiciado por porte ilegal de arma se não tiver a documentação necessária para isso, além da possibilidade de ser indiciado por dificultar a defesa da vítima.O acidente de trânsito, sem vítima, ocorreu no centro de Monte Alto e houve seqüência, com discussão entre os motoristas. Augusto foi até o bar de Araújo. Ali a briga continuou e Araújo pegou um revólver calibre 38 e disparou seis tiros, fugindo em seguida. Augusto foi levado ao Pronto-Socorro local, mas morreu três horas depois. Os parentes de Augusto estão inconformados com o incidente. O delegado Mello disse que Araújo poderá responder o inquérito em liberdade. Porém, se não se apresentar, o delegado poderá pedir a sua prisão temporária à Justiça.Outros dois incidentes violentos envolvendo o trânsito na região ocorreram em Ribeirão Preto. No sábado, 9, o bancário Thomaz Dias Neto quase foi atingido por um tiro disparado por um pecuarista após a disputa de uma vaga no estacionamento do Novo Shopping. A bala atingiu o veículo do bancário, que anotou a placa do carro do atirador e informou à polícia, que identificou o dono.Se o pecuarista não se apresentar à polícia, o pedido de sua prisão temporária deverá ser solicitado à Justiça. Nesta terça, 12, outro incidente ocorreu no bairro Ipiranga. Após uma fechada no trânsito, uma mulher ameaçou um motorista com um facão. A discussão foi contida por policiais que estavam nas proximidades.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.