Comerciante é morto durante assalto em São Paulo

O comerciante João Yabiku, de 56 anos, foi morto a tiros por um grupo de cinco pessoas, por volta das 20h30 desta quarta-feira, supostamente ao reagir a um assalto em São Paulo. A vítima foi abordada na porta de sua casa, na Vila Santa Catarina, zona sul da cidade. O grupo rendeu o comerciante e a esposa dele, a professora aposentada Yulie Yabiku, 57, e anunciou o assalto. A vítima teria discutido com os bandidos e foi ferida por dois tiros. Mesmo levado pela esposa ao Hospital Santa Maria, o comerciante não resistiu e morreu. Os bandidos fugiram sem levar nada. O caso foi registrado no 35º Distrito Policial, do Jabaquara. A polícia ainda não esclareceu como Yabiku teria reagido, mas acredita-se que o comerciante não soubesse falar bem o português.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.