Comerciante é morto no Rio na frente da mãe, de 80 anos

O comerciante Adelino Martins, de 54 anos, foi morto na manhã de hoje na Avenida Brasil, um dos principais acessos do Rio, na altura da Pena, zona norte. Ele dirigia um Astra em direção a Niterói quando foi parado por quatro homens armados. Ele foi retirado do carro e executado com um tiro na cabeça.Adelino foi morto na frente da mãe, Maria Hilda Martins, de 80 anos. Ela estava no banco do carona e ia com o filho para a casa de Horácio Martins, irmão de Adelino, em Niterói, para passar o Dia das Mães. Maria Hilda, que tem dificuldades de locomoção, foi retirada do carro pelos bandidos, que levaram o automóvel. Alguns quilômetros à frente, os bandidos abandonaram o Astra sujo de sangue e roubaram um Honda Civic. No início da tarde, policiais ainda tentavam deter os bandidos. Debilitada por causa do trauma emocional, Maria Hilda foi levada para o Hospital Getúlio Vargas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.