Comerciante é solto de cativeiro na zona leste

Sequestradores chegaram a exigir R$ 500 mil de resgate; vítima passa bem

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

01 de junho de 2010 | 03h32

Um jovem de 23 anos, sócio de uma loja de veículos em Osasco, região oeste da Grande São Paulo, foi libertado de um cativeiro, no início da madrugada desta segunda-feira, 31, em Cidade Tiradentes, no extremo leste da capital.

 

Eram 13 horas de segunda-feira quando quatro bandidos armados entraram na loja, anunciaram o assalto, roubaram um Corsa e levaram como refém o rapaz, cujo irmão é o outro dono da agência de veículos.

 

Após uma denúncia anônima, PMs do 28º Batalhão foram até o suposto local do cativeiro e prenderam, Ricardo Soares da Silva, 32 anos, e Amauri Sousa Pires, 19, dois dos três bandidos que tomavam conta do cativeiro. O outro criminoso, identificado como Brivaldo José de Lima, conseguiu escapar antes da invasão do cativeiro, montado no apartamento 31 do edifício nº 680 da Rua Conjunto Sítio Conceição.

 

Segundo os policiais, os criminosos chegaram a pedir aos parentes da vítima R$ 500 mil para liberar o comerciante, mas o valor já havia diminuído para R$ 200 mil. Nenhuma arma foi apreendida com a dupla detida.

 

No intervalo de menos de 12 horas, os bandidos chegaram a realizar saques da conta do comerciante e fizeram compras com o cartão de crédito dele. O fim do sequestro foi registrado no plantão do 54º Distrito Policial, de Cidade Tiradentes. A vítima, segundo os policiais, passa bem.

Tudo o que sabemos sobre:
sequestrocativeiro: Osasco

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.