Comerciante se nega a comprar panelas de camelô é esfaqueada

Ao se recusar a comprar panelas de um camelô, a comerciante Fernanda Santos de Almeida, de 33 anos, foi atacada e ferida com uma facada na região do pescoço. Eram 19 horas de quinta-feira, quando Adalberto Betilde Lisboa, de 29 anos, entrou na loja de Fernanda, situada na altura do nº 510 da Rua Arlindo Colaço, em São Miguel Paulista, extremo leste da capital paulista. Adalberto ofereceu suas panelas para que a comerciante as revendesse. Fernanda disse que não tinha interesse e o rapaz, irritado, perfurou o pescoço da comerciante usando uma faca. Ele foi preso nas imediações por policiais militares e autuado por tentativa de homicídio no 22º Distrito Policial. A vítima foi encaminhada ao pronto-socorro Tide Setubal e não corre risco de morte.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.