Comércio de São Paulo fecha na 6ª-feira e só reabre na terça

Sexta-Feira Santa e segunda-feira, Dia de Tiradentes, são feriados nacionais. Por conta disso, o comércio de rua não deve funcionar. As agências bancárias só reabrem suas portas na terça-feira. Nos shoppings, a abertura das lojas é facultativa. Pela lei, segundo informações da Associação Comercial e da Federação do Comércio, é proibido o trabalho nos feriados nacionais, e o lojista que abrir as portas corre o risco de ser multado se houver fiscalização.O vice-presidente do sindicato dos comerciários, Ricardo Patah, é da mesma opinião. "Na sexta, feriado santo, considerado nacional, e na segunda-feira, o trabalho no comércio é proibido, inclusive nos shoppings", explica. EstradasNas estradas, as concessionárias Ecovias, Autoban e Novadutra estão prevendo movimento intenso nos Sistemas Anchieta-Imigrantes, Anhangüera-Bandeirantes e na Via Dutra. A Ecovias estima que entre 280 mil e 445 mil veículos descerão a serra em direção às praias, enquanto 290 mil deixarão São Paulo pelo Sistema Anhangüera-Bandeirantes.De acordo com informações de técnicos, o tráfego deve ser mais intenso nas estradas a partir das 16 horas desta quinta-feira. Essa situação deve permanecer até a meia-noite. Nesta sexta, o pico vai das 7 horas ao meio-dia. A expectativa da Polícia Rodoviária Estadual é que 50 mil veículos subam a serra em direção a Campos do Jordão.RodízioEm São Paulo, o rodízio de veículos ficará suspenso na sexta-feira e na segunda-feira, de acordo com informações da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET).

Agencia Estado,

16 de abril de 2003 | 23h49

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.