Comissão aprova veto a estrangeirismo

O projeto que proíbe o uso de palavras estrangeiras no País avançou ontem na Câmara. A proposta foi aprovada pela Comissão de Constituição e Justiça e, como já passou pelo Senado, só vai passar pela votação no plenário da Câmara. Segundo o projeto do deputado Aldo Rebelo (PCdoB-SP), todas as palavras e as expressões estrangeiras destinada ao conhecimento público devem ser aportuguesadas ou acompanhadas de termo equivalente em português, em letra de igual destaque.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.