ESTADÃO
ESTADÃO

Comissão de frente da União da Ilha tem atletas cadeirantes

Escola aproveita a Olimpíada para fazer uma ode ao Rio de Janeiro, poucos meses antes de a cidade sediar o evento

Clarissa Thomé, O Estado de S. Paulo

07 de fevereiro de 2016 | 23h33

Seis atletas cadeirantes da equipe Santer Rio Rugby estão entre os guerreiros da comissão de frente da União da Ilha, segunda escola a desfilar neste domingo, 7, na Sapucaí. O coreógrafo Patrick Carvalho treinou quatro meses com o grupo, que conta ainda com um bailarino da Associação Niteroiense de Deficientes (Andef), Felipe Berty.

Berty já é veterano na avenida - esteve seis vezes na comissão de frente da Embaixadores da Alegria. Já a equipe de rugby é estreante no carnaval. "Isso é bem mais difícil do que jogar. Dançar não é o nosso forte", afirmou o atleta Daniel Gonçalves, que aguarda convocação para a paraolimpíada.

 

Tudo o que sabemos sobre:
União da Ilha

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.