Comissão vai vistoriar Castello e Raposo

A Comissão de Acompanhamento e Fiscalização (CAF) do Programa de Concessões Rodoviárias do Governo do Estado vistoria na próxima semana as duas marginais da Rodovia Castelo Branco, entre a Capital e o município de Barueri, na Grande São Paulo. Além de checar as obras, em fase de conclusão, os integrantes pretendem avaliar se os benefícios trazidos aos motoristas estão adequados aos custos do pedágio. A comissão vai vistoriar também as obras de duplicação da Rodovia Raposo, do quilômetro 31, em Cotia, ao 115, em Araçoiaba da Serra. Segundo o deputado Caldini Crespo (PFL), integrante da comitiva, técnicos da concessionária ViaOeste e da Secretaria dos Transportes participam da visita e serão questionados sobre as obras. A vistoria, marcada para a próxima sexta-feira, dia 28, terá início na marginal oeste da Castelo, seguindo para a Raposo Tavares. A rodovia será percorrida até o quilômetro 115. Na seqüência, a comissão inspeciona a Rodovia Senador José Ermírio de Moraes (Castelinho) e as obras de interligação das duas rodovias. Os trabalhos prosseguem na Castelo Branco, incluindo a marginal leste.A Secretaria Estadual do Meio Ambiente concedeu hoje licenciamento prévio para a duplicação da Raposo, entre Cotia e Sorocaba, mas condicionou a expedição da licença de instalação a um parecer favorável do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). O trecho duplicado passa em área de influência do Sítio Santo Antônio, casa bandeirantista tombada pelo Iphan em São Roque. O órgão do patrimônio histórico avaliará se as obras trarão algum impacto ao conjunto arquitetônico.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.