Companhia registra aumento de falhas

Documentos internos do Metrô de São Paulo mostram que nos últimos três anos a companhia registrou cada vez mais falhas que causam riscos ao principal meio de transporte da capital. Os casos de "ocorrências inseguras", como são definidas, dispararam nas vias permanentes - trilhos e aparelhos de mudança de via, entre outros. Foram 9 em 2008, contra 2 em 2006. No mesmo período, as manutenções preventivas atrasadas mais que triplicaram.O Metrô se negou a fornecer a lista de ocorrências. Em nota, disse ainda que a "leitura isolada" dos dados não reflete a realidade. Nos trens, também houve aumento nas ocorrências inseguras entre 2006 e 2008, em ritmo menor. Ao mesmo tempo, houve mais relatos de falta de materiais para manutenção da frota. Os dados são dos Relatórios de Gestão de Desempenho da companhia.

Vitor Sorano, O Estadao de S.Paulo

13 de janeiro de 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.