Companhias aéreas do País começam a retomar voos internacionais

Densidade da nuvem de cinza expelida pelo vulcão chileno diminuiu

Marcela Gonsalves, estadão.com.br

14 de junho de 2011 | 17h08

SÃO PAULO - Com a diminuição da densidade da nuvem de cinzas causada pelo vulcão chileno na tarde desta terça-feira, 14, algumas companhias aéreas brasileiras decidiram retomar as operações dos voos afetados.

 

A TAM informou que já operava normalmente seus voos de e para Buenos Aires e Montevidéu desde as 17h. A empresa afirmou que continuará avaliando as condições de voo nestas rotas e, caso haja riscos, poderá voltar a suspender a operação. A Gol também anunciou que retomou as decolagens para Buenos Aires e Rosário, na Argentina, e para Montevidéu, no Uruguai, às 17h.

 

A nuvem de cinzas originada por erupções do vulcão Puyehue prejudica as operações no País desde a semana passada. Só hoje, 29 voos internacionais foram cancelados até as 18h30.

 

A emissão de fumaça no Puyehue, porém, perde intensidade, de acordo com o Volcanic Ash Advisory Centres da Argentina (VAAC), instituto responsável pelo monitoramento da situação no Cone Sul. A informação é repassada pela Força Aérea Brasileira (FAB).

 

Segundo o Centro de Gerenciamento da Navegação Aérea (CGNA), o relatório aponta também que a nuvem está mais baixa a cerca de 1.000 metros.

 

Buenos Aires. O aeroporto internacional de Ezeiza, em Buenos Aires, já está liberado para retomar os voos a partir desta noite, segundo a Administração Nacional de Aviação Civil da Argentina (Anac), em nota à imprensa. O aeroporto "se encontra sem limitações para operar, segundo o último relatório do Serviço Meteorológico Nacional (SMN)", diz a Anac.

 

Cancelados desde o último domingo, os primeiros voos reprogramados são da Aerolíneas Argentinas, com os seguintes destinos: São Paulo, Miami, México, Madri e Sidney. Este último está sujeito às condições do clima na Nova Zelândia - também afetada pelas cinzas do vulcão chileno.

 

Para entrar em contato com as companhias:

 

Central de Atendimento TAM

- Capitais 4002-5700

- Demais cidades 0800-570-5700

- Argentina 0810-333-3333

- Chile 56 2 6767 900

- Paraguai 595 21 659 5000

- Uruguai 000-4019-0223

Central de Atendimento Gol

- Brasil 0300-115-2121

- Argentina 0810-266-3232

- Uruguai 5098-2403-8007

 

Texto atualizado às 19h40.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.