Compra na internet poderá ser bloqueada

A Comissão Parlamentar de Inquérito da Pedofilia ouviu ontem representantes da Associação Brasileira das Empresas de Cartão de Crédito (Abecs). Em parceria com a CPI, conforme explicou o presidente do colegiado, senador Magno Malta (PR-ES), a entidade vai participar de grupo de trabalho para criar instrumentos jurídicos e operacionais que possam bloquear a aquisição, por meio de cartão de crédito, de material de pedofilia pela internet.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.